Importação de básicos cai nos primeiros quatro meses de 2015.
 Imprimir     Indicar para amigo
Com uma queda em torno de 28% sobre o mesmo período de 2014, as importações de óleos básicos lubrificantes atingiram o volume de pouco mais de 99 mil metros cúbicos, nos primeiros quatro meses deste ano, tornando-se o resultado mais baixo dos últimos sete anos. Enquanto isso, a produção das refinarias brasileiras mostrou, no primeiro trimestre do ano, um aumento, em torno de 7%, ainda aguardando o resultado de abril, que não foi divulgado.

As importações brasileiras caíram significativamente em praticamente todos os tipos de óleos lubrificantes, incluindo os lubrificantes acabados (-10%), óleos para transformadores (-28%) e óleos brancos (-46%), entretanto, os óleos para transmissões hidráulicas apresentaram nesses primeiros quatro meses um aumento de 5%, com relação ao mesmo período de 2014.